O Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I. P., abreviadamente designado por ACIDI, I. P., é um instituto público integrado na administração indirecta do Estado, dotado de autonomia administrativa.
O ACIDI, I. P., prossegue atribuições da Presidência do Conselho de Ministros, sob superintendência e tutela do Primeiro-Ministro ou de outro membro do Governo integrado na Presidência do Conselho de Ministros.
Tem como missão colaborar na concepção, execução e avaliação das políticas públicas, transversais e sectoriais, relevantes para a integração dos imigrantes e das minorias étnicas, bem como promover o diálogo entre as diversas culturas, etnias e religiões.

A missão específica do ACIDI encontra-se consagrada no Decreto-Lei nº 167/2007 de 3 de Maio.

  • Mais Diversidade,
  • Melhor Humanidade.

O que é?

É uma iniciativa que, através do voluntariado, pretende criar em Portugal uma experiência de encontro e entreajuda entre cidadãos portugueses e imigrantes.
Vai permitir o conhecimento mútuo – em que as diferenças se esbatem na resolução das mesmas dificuldades, preocupações e desafios do dia-a-dia – promovendo, ainda, o voluntariado e a responsabilidade social corporativa.


Objetivos:


- Disponibilidade, apoio, acompanhamento, orientação para a resolução de dificuldades ou preocupações dos imigrantes com vista à sua integração.

- Promover a igualdade de oportunidades.

- Promover o voluntariado no âmbito da Responsabilidade Social das empresas.



TER UM MENTOR É…

…Estabelecer um compromisso social, durante um período mínimo de 3 meses…
…realizar reuniões quinzenais num local a escolher entre as partes…
… para a resolução de uma ou mais necessidades por si identificadas



Como Funciona?





Como posso participar?

- Inscrição no projeto através do preenchimento do questionário disponível aqui


- Agendamento de reunião para conhecer melhor o projeto, identificar a(s) sua(s) necessidade(s), interesses e motivações para participar.

- Identificação do voluntário empresarial adequado ao seu perfil e que o vai acompanhar.
    
- Reunião para estabelecer o compromisso com o mentor (Identificação da(s) necessidade(s), definição de objetivos e resultados a atingir, periodicidade e localização das reuniões).

- Encontros / reuniões com o mentor para o acompanhamento, orientação e resolução dos assuntos que identificou.

- Avaliação final do processo.


EXEMPLOS DE APOIO DO MENTOR VOLUNTÁRIO


web engineered by blip.pt